domingo, 12 de setembro de 2010

Parque Biológico de Vinhais

A cerca de 2 km de Vinhais, no Parque Natural de Montesinho, encontra-se o Parque Biológico de Vinhais. Aqui encontram-se animais selvagens, domésticos em estado de semi-liberdade, aves, tem também um jardim botânico e existem alguns percursos pedestres. É um óptimo local para um passeio.

11 comentários:

teca disse...

Um lugar acolhedor... vê-se pelas fotos!

Beijos.

deep disse...

Ora, aí está um local que ainda não visitei e que gostaria de visitar. Obrigada pela sugestão!

Boa semana. :)

Isabel Preto disse...

Ai, que saudades!
Um beijinho e boa semana.

VagaMundos disse...

Mais um destino para a já longa lista :)
Abraço

francisco disse...

Nunca fui la ,mas e um sitio muito bonito.

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela reportagem...Espectacular....
Um abraço

aa disse...

De certo que é um interessante lugar a visitar...! Boa divulgação Valentim!
Beijinhos e bom fim de semana para ti!

Valentim Coelho disse...

Obrigado a todos pelos comentário.
Cumprimentos!

lurdes sg disse...

Posso vos dizer que é um lugar fabuloso, que dá vontade de lá voltar,voltar e voltar..........
Lá estarei mais uma vez este verão.
E já agora uma sugestão provem a posta assada na brasa do nosso Parque.Lin............do!!!!

José Pedro disse...

Sou professor na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Vila Real). Neste último fim-de-semana estive no referido Parque num encontro anual que faço com um grupo de amigos, desde o tempo de estudante na UTAD. Muito embora a meteorologia não fosse a mais favorável para passear, passamos um excelente fim-de-semana neste Parque. Recomendo-o vivamente a quem goste da Natureza e parece-me que é um local ideal para ir quer com adultos, quer com crianças porque com crianças porque para além da oportunidade de estar com a natureza, pode-se fazer de um modo divertido e didáctico já que têm imensas actividades, como por exemplo, visitar o Parque de bicicleta, andar de burro e se o tempo estiver bom ir dar uns mergulhos na piscina biológica que o Parque proporciona aos que ali fiquem alojados, quer em campismo, que em " bungalows”, os quais são muito acolhedores e confortáveis. Parabéns à direcção do Parque e à Câmara Municipal de Vinhais.
É interessante cada uma das pessoas ir explorando o Parque mas , da experiência que tivemos, isto é, fazendo uma prévia visita com uma guia de campo que nos acompanhou, devido à sua sabedoria , capacidade de comunicação e gosto pelo seu trabalho, tornou a visita ainda mais interessante(refira-se que se tratou de uma pessoa com licenciatura em biologia, ou seja, alguém com formação adequada para tal tarefa e que conciliava essa sabedoria com uma grande simpatia).
Nem imaginam a maravilha que é (talvez um momento de sorte que usufrui) de ao acordar ter observado um pato a voar junto à janela do quarto de um dos bungalows onde pernoitei. Mesmo cheio de sono, levantei-me e qual o meu espanto ao ver que ele “aterrava” nas piscina biológica do referido Parque. Se não fosse estar frio e a chover julgo que iria imediatamente dar umas braçadas nessa piscina.
Uma sugestão para futuros visitantes: julgo que no Verão será maravilhoso terminar o dia com umas braçadas na piscina biológica que ali existe para ser usufruída pelos visitantes que pernoitaram no parque de campismo ou nos “bungalows”.
Aproveito para mais uma vez felicitar a Direcção do Parque e o proprietário, neste caso, a Câmara Municipal de Vinhais.
Bem-hajam e despeço-me com os melhores cumprimentos
José Pedro L. Araújo-Alves

José Pedro disse...

Sou professor na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Vila Real). Neste último fim-de-semana estive no referido Parque num encontro que faço anualmente com um grupo de amigos, desde o tempo de estudante na UTAD. Muito embora a meteorologia não fosse a mais favorável para passear, passamos um excelente fim-de-semana neste Parque. Recomendo-o vivamente a quem goste da Natureza e parece-me que é um local ideal para ir, quer com adultos, quer com crianças porque para além da oportunidade de estar com a natureza, pode-se fazê-lo de um modo divertido e didáctico pois tem imensas actividades ao nosso dispor, como por exemplo, visitar o Parque de bicicleta, andar de burro e se o tempo estiver bom ir dar uns mergulhos na piscina biológica que o Parque proporciona aos que ali fiquem alojados, quer em campismo, que em " bungalows”, os quais são muito acolhedores e confortáveis.
É interessante cada uma das pessoas ir sozinho explorarr o Parque mas , da experiência que tivemos, isto é, fazendo uma prévia visita com uma guia de campo que nos acompanhou, devido à sua sabedoria , capacidade de comunicação e gosto pelo seu trabalho, tornou a visita ainda mais interessante(refira-se que se tratou de uma pessoa com licenciatura em biologia, ou seja, alguém com formação adequada para tal tarefa e que conciliava essa sabedoria com simpatia cativante).
Nem imaginam a maravilha que foi (talvez um momento de sorte que usufrui) ter acordado quando um pato a voava junto à janela do quarto de um dos bungalows onde pernoitei. Mesmo cheio de sono e pensando que estava a sonhar, decidi levantar-me e qual o meu espanto ao ver que esse pato estava realmente a voar para“aterrar” na piscina biológica desse Parque. Se não fosse estar frio e a chover julgo que imediatamente iria dar umas braçadas nessa piscina. Só isto já me incentivou para noutro dia, isto é, com tempo mais quente e sem chuva regressar ao Parque.
Uma sugestão para futuros visitantes: julgo que no Verão será maravilhoso terminar o dia com umas braçadas na piscina biológica que ali existe para ser usufruída gratuitamente pelos visitantes que pernoitaram no parque de campismo ou nos “bungalows”.
Aproveito para felicitar a Direcção do Parque e o proprietário, neste caso, a Câmara Municipal de Vinhais.
Bem-hajam. Despeço-me com os melhores cumprimentos
José Pedro L. Araújo-Alves