sábado, 4 de julho de 2009

O feitiço da lua

Desde os primórdios da humanidade que a Lua desperta um sentimento de curiosidade no ser humano. Símbolo de adoração na antiguidade muitas vezes associada com a fertilidade feminina, era denominada Ishtar, na antiga Babilónia, deusa do orvalho (símbolo de fertilidade), Iah, deus da lua na mitologia egípcia, Selene, na mitologia grega ou de Ixchel na mitologia Maia.
A ideia de uma viagem à Lua é bastante remota tendo sido descritas ao longo dos tempos viagens em livros de ficção como é exemplo, Uma história verdadeira de Luciano Samósata (125-181), Viagem à lua de Cyrano de Bergerac (1619-1655) ou Da terra à lua de Júlio Verne (1865). As viagens tornaram-se realidade em 20 de Julho de 1969, quando a missão Apollo 11 pousou na superfície lunar num lugar chamado “Mar da Tranquilidade” e Neil Armstrong e Edwin Aldrin se tornaram os primeiros homens a caminhar em solo lunar. Gene Cernan tornou-se o último astronauta a pisá-la e desde 1972 que não há missões tripuladas a este satélite.
Nos últimos tempos a Lua voltou a ser o centro das atenções e já se fazem planos para a sua colonização. A instalação de bases permanentes permitirão um amplo estudo sobre a sua superfície, podendo também servir de suporte para futuras explorações a outros planetas do sistema solar. Além dos trabalhos de construção e exploração mineira, os futuros astronautas dedicar-se-ão a investigações de longo prazo em áreas como a astrobiologia, a geologia, a astronomia e a física. As tripulações tentarão também aproveitar os recursos disponíveis no nosso satélite de modo a estabelecer uma base lunar.
Nos últimos anos, surgiram indícios da presença de hidrogénio e oxigénio (os componentes da água) na Lua, congelados nas crateras mais profundas e escuras de ambos os pólos do planeta. Descobriu-se também que nas rochas existia Hélio-3, que pode substituir o petróleo como fonte de energia. Escavar uma área de 2 km2 com uma profundidade de 3 metros produziria 100 kg de hélio-3, o suficiente para abastecer de energia uma cidade com 650000 habitantes durante um ano.
Num mundo tão dependente em novas fontes de energia, a lua tornar-se-á um destino apetecível, havendo já inúmeros países interessados na corrida às novas minas de Salomão.

Bibliografia consultada:
Super Interessante, nº101.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Lua,
http://pt.wikipedia.org/wiki/Luciano_de_Sam%C3%B3sata

5 comentários:

Anónimo disse...

Poxaaaa também quero ir morar na Lua, veja só como o futuro que assistíamos em filmes de ficção está cada vez mais proximo. Será que vou ver toda essa revolução?!
Parabéns pela pesquisa e pelo belo desenho Valentim! Um abraço.
Vanessa(Brasil)

Vieira Calado disse...

Muito dados interessantes, nos trás nessa sua postagem.
Particularmente a questão do hélio 3.
Fusão nuclear?

Um forte abraço

aa disse...

Olá Valentim,
tens aqui uma postagem com muita informação interessante sobre a lua...!
Continuação de bom fim de semana para ti.
Gosto destas tuas criatividades artísticas...:) Estou a falar do desenho é claro...:)
Beijinhos,

AA

Elena disse...

Los tesoros ocultos de la Luna!!Estupendo post.Un abrazo.

Beatriz disse...

Ola Valentim.
Para te dizer que ja voltei, que sei que nao ficas te nada com inveja, pois tu tb conheces sitios lindos!!

Em relaçao ao teu post, eu sou fã da lua sem duvida alguma ela me enfeitiça...

Deixo-te um beijo e o meu sorriso.
Com carinho.
Bea